6 de jun de 2013

Chulé humano : uma arma contra o mosquito da malária

Chulé não serve somente para incomodar 

 

Eis uma grande descoberta: cientistas descobriram que o chulé humano serve para combater o mosquito da malária. 
James Logan , líder da pesquisa , afirma que o mosquito da malária sente atração por chulé, ou o mau cheiro dos pés.

Logan, da Escola de higiene e de Medicina Tropical de Londres, coletou chulé de um grupo de voluntários . Depois os odores recolhidos foram guardados em tubos de ensaio, para que os insetos tivesses de escolhe entre o tubo " com odor " e " sem odor " . O tubo escolhido pelos mosquitos foi exatamente o que continha o chulé humano.

Agora , com a descoberta, os autores do estudo pretendem criar drogas em laboratório que possibilitem controlar o mosquito da malária. Porém , há um grande desafio , como , por exemplo, fazer com que os mosquitos distinguam o mau cheiro do chulé e de queijos. isto porque os mosquitos sabem a diferença dos  " cheiros ".

" Pés mal- cheirosos têm uma utilidade, afinal de contas ", afirmou James Logan, que coordenou a pesquisa na Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres. "

Por Redação Jornal DF Brasil