3 de nov de 2016

Enem - Mais de 190 mil alunos farão o exame nos dias 3 e 4 de dezembro por causa de ocupações

Será nos dias 3 e 4 de dezembro a aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para os 191.494 estudantes que deveriam fazê-las nos 304 locais ocupados até a noite da última segunda-feira, 31. Para os demais alunos, as provas serão aplicadas normalmente nos dias 5 e 6 de novembro. As novas provas seguirão o padrão da avaliação tradicional.


“A prova terá formato equivalente, com as 45 questões por área de conhecimento, realizada em dois dias, distribuídas da mesma maneira como o Enem que ocorrerá no próximo fim de semana”, garantiu Maria Inês Fini, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Texeira (Inep), responsável pela aplicação do exame.

Os alunos afetados pelas ocupações serão informados da alteração por meio de SMS, mensagem eletrônica (e-mail), divulgação na página do Inep e, ainda, pelo aplicativo Enem 2016. Esclarecimentos podem ser obtidos pelo telefone 0800-616161. Os benefícios assegurados pelo resultado do exame também serão garantidos. De acordo com o Inep, a nova aplicação será realizada em tempo hábil para a utilização dos resultados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e Programa Universidade Para Todos (Prouni). A divulgação do resultado final para os 8.627.195 inscritos no Enem está mantida para o dia 19 de janeiro.

O Inep explica que a mudança dos locais de prova na véspera da aplicação colocaria em risco a segurança do Enem, já que o exame exige um plano logístico de distribuição do material, com rotas pré-definidas, escoltas policiais e efetivo policial destacado para a operação. O local requer, ainda, estrutura mínima para receber a aplicação, ter acessibilidade para deficientes físicos, como banheiros adaptados, mobiliário adequado para cadeirantes, surdos, cegos e à faixa etária, além de salas extras e estudo de plano de risco.

As ocupações afetam 304 locais de prova, em 126 municípios brasileiros. Dos 20 estados comprometidos, o Paraná é o mais prejudicado, com 74 escolas ocupadas. Minas Gerais vem em seguida, com 59 locais de provas ocupados. As ocupações afetam 41.168 e 42.671 alunos, respectivamente, nos dois estados.

Locais – O Inep está preparando um plano logístico para garantir a segurança e tranquilidade da aplicação das provas no início de dezembro. Os novos locais de prova serão divulgados oportunamente.

Confira a lista de locais de prova em que os inscritos terão o Enem adiado por causa das ocupações.
Acesse perguntas e respostas sobre o assunto.
Acesse os números de locais de prova ocupados.

Por JDF Brasil / Com informações da Assessoria de Imprensa MEC